Médecine, Portugal
Joana, Portugal

 

Como escolheu os seus estudos e porque decidiu ir estudar para França?

Desde que comecei o ensino secundário soube que queria seguir medicina. Tentei Portugal e Espanha e não consegui, depois através de uma amiga que tinha visitado o stand “Campus France” na Futurália soube que poderia concretizar o meu sonho em França. Ao visitar o site desta organização consegui entrar em contacto com a responsável da agência. Com a sua ajuda entrei em contacto com as faculdades, completei o meu dossier e acabei por entrar em Montpellier.

O que foi o mais difícil?

A maior dificuldade que tive foi a nível do Francês, mas depois de lá estar algum tempo foi sendo mais fácil. Também foi muito difícil tornar-me independente, mas aos poucos fui-me habituando.

Do que mais gostou?

Gostei muito do ensino francês, de fazer novos amigos e conhecer uma nova cultura.

Conselhos para futuros estudantes

A quem quer seguir medicina em França, aconselho a ter um bom nível de francês, a escolher Biologia e Química no 12º ano e a aprender a resolver integrais antes de ir, mas mais importante que tudo isto é a motivação.

 

Veja o nosso artigo sobre estudar medicina em França

http://www.portugal.campusfrance.org/pt-pt/node/22406